Pretende-se,neste blog, não só evidenciar a beleza que nos rodeia como, ainda,chamar a atenção para pormenores que, normalmente, passam despercebidos

domingo, 10 de janeiro de 2010

O Brilho do Tempero (Loureiro)

O brilho das folhas,  com odor característico,  do loureiro, espécie originária do Mediterrâneo, árvore da família botânica das Lauraceae, representada por mais de 2000 espécies, a grande maioria árvores e arbustos. 
Elaborado para Fábrica de Letras. Tema: Beleza
Brown Eyes
Montanha

20 comentários:

Eva Gonçalves disse...

E eu que adoro loureiro! Sempre vivi toda a vida rodeada destas arbustos, agora cada vez mais escassos nesta zona... e uso e abuso na cozinha! :)Linda foto.

Brown Eyes disse...

Eva vivo rodeada deles. Além do saborzinho que dão à comida são lindos. Beijinhos e obrigada.

Olga disse...

Adorei a foto. Mais uma excelente foto relacionada com a natureza. Eu gosto muito, da arvóre e do seu tempero.

Poetic GIRL disse...

Que linda imagem Brown eyes, não conhecia a planta...;) e é linda! Lá em casa usa-se bastante o loureiro, que agricultores amigos nos arranjam, adoro o cheirinho ... bjs

Lala disse...

Belíssimas coroas de louros se fizeram. E não foi por acaso... E também não é por acaso que o loureiro, de certa forma, tem algo de mim... Laura é o meu nome...

Bonita imagem!

Brown Eyes disse...

Olga mais uma vez obrigada por estares atenta e disponível. O Loureiro é lindíssimo e dá um saborzinho!!!
Beijinhos

Brown Eyes disse...

Olá Bela ainda be, então, que coloquei esta foto. Assim ficaste a conhecer esta planta quando ela é verdejante. Beijinhos

Brown Eyes disse...

Laura? A árvores dos louros. Não imaginava Lala. Muito bonito. Tive uma amiga Laura quando andava o 2º. ano do ciclo, nunca mais soube nada dela. Damos tantas voltas que vamos perdendo, assim, os amigos. Antigamente não havia telemóveis!!! Um beijinho

Pedrasnuas disse...

TUDO O QUE SEJA NATUREZA É PERFEIÇÃO DE CERTEZA... CONHEÇO O BRILHO E O ODOR...E HÁ QUEM A UTILIZE NA CULINÁRIA...E OS RESULTADOS SÃO BONS

BEIJINHO

free_soul disse...

As plantas que usamos na comida muitas vezes quando em estado bruto na natureza passam-nos na frente dos olhos e não as reconhecemos... Sempre tive um imenso loureiro no meu quintal lá de casa e para mim esta até uma das conhecidas mas haverá outras que assim não seja. E para outras pessoas também o Loureiro seja um desconhecido...
Um beijo

Gingerbread Girl disse...

Eu tenho um loureiro bebé. Tãn fofo o raio do arbustinho. ^^
:p

Uso louro como se não houvesse amanhã. =| Verde ou seco, tanto faz. Até já me senti tentada a meter na canja... para que vejas a pancada. -.-'
Às vezes deixo carne a marinar forrada em louro. Não, não são 2 ou 3 folhitas... é forrado mesmo!


*

Brown Eyes disse...

Ginger em casa tenho um ramo verde de louro numa jarra. Vê o quanto acho esta planta linda.
Beijinhos

Ianê Mello disse...

Belíssimas, ambas as fotos.

Quanta beleza a natureza nos reserva.
É só termos olhos para ver.

Parabéns.

Um beijo.

Brown Eyes disse...

Ianê não há nada mais belo nem, apesar da intervenção do homem, mais puro que a natureza. Beijinhos. Obrigada pela visita e, por teres deixado a tua opinião

Silvana Nunes .'. disse...

Olá, boa tarde.
Sou professora, pesquisadora e contadora de histórias.Vivo de blog em blog angariando leitores e tentando divulgar o meu pelo simples fato de perpetuar a história de meu país - tenho medo que ela seja engolida por toda essa globalização.
Se gostar de meu esdpaço e achar minha proposta coerente, por favor SIGA-ME nesta luta por um mundo melhor.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está convidando para conhecer uma lenda bastante contemporânea - a do pássaro-cabeça-de-vento.
É só clicar no link http://www.silnunesprof.blogspot.com que você chega até lá rapidamente.
Gostaria que tivesse um pouquinho mais de paciência comigo, estou com alguns probleminhas para resolver: preciso de um novo exame de vista e de um monitor novo, o meu está meio embaçado, já tentei regular, mas o problema está com ele mesmo, tenho de comprar outro. E agora não me encontro em condições disso - só eu sei o sacrifício que faço para postar as histórias.
Se já passei por aqui, mil perdões. Como disse, a falta dos meus óculos e esse monitor com problemas não me deixam enxergar direito.
Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
A PAZ .
Saudações Florestais !

Brown Eyes disse...

Silvana obrigada pela visita e pelo comentário. Logo que me seja possível passarei por lá.
Beijinhos

lunatiK disse...

Viva
para mim a melhor das 3, a Natureza é bela por defeito, cabe-nos a nós observá-la e registar essa beleza.
Cumps,

Pete disse...

Uma das melhores coisas na cozinha é o tempero, mas vê-lo num ponto de vista de beleza da natureza é uma ideia brilhante.

Sayōnara,

Brown Eyes disse...

Pete obrigada pela tua visita e pelo comentário. O loureiro dá um sabor especial à comida mas, também,tem um brilho especial quando verde.

Brown Eyes disse...

lunatiK não sei porquê não anda por aqui a resposta ao teu comentário. Desculpa mas devo ter-me esquecido de lançar a resposta. Sorry.Esta também é a foto que gosto mais e serve para demonstrar que até um defeito pode ser belo. Para mim a beleza está na raridade. Beijinhos