Pretende-se,neste blog, não só evidenciar a beleza que nos rodeia como, ainda,chamar a atenção para pormenores que, normalmente, passam despercebidos

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Surpreendente Urtiga (Urtiga Maior)

 
Urtiga Dioica L., nome científico, urtiga maior, urtigão, queimadeira, nomes populares desta  planta perene, de meio a um metro de altura, com raízes rasteiras, hastes fortes, simples, erguidas e de coloração verde-esvaecida, com folhas grandes oval-lanceoladas, serrilhadas, dotadas de duas estipulas e revestidas de pelos urticantes, com flores masculinas e femininas. A urtiga vegeta espontaneamente em zonas temperadas na América, Ásia, África, Europa e Austrália. É considerada erva daninha por invadir facilmente os terrenos com solo de qualidade.
As folhas da Urtiga contêm teores elevados de clorofila, molécula vegetal de cor verde, cuja composição química é muito semelhante à da hemoglobina (transportador de oxigénio no nosso sangue) e ferro. Estes constituintes são responsáveis pelas suas propriedades desintoxicantes e anti-anémicas, uma vez que estimulam a produção de glóbulos vermelhos. São ainda ricas em outros sais minerais como o fósforo, magnésio, cálcio e silício, e vitaminas A, C e K.
As suas folhas possuem uma forte acção diurética, anti-inflamatória e remineralizante, actuando ainda ligeiramente na hipoglicemia. Ajuda o organismo a eliminar os líquidos em excesso, podendo ser útil como tratamento auxiliar em muitas doenças e no excesso de peso.
A Urtiga tem a capacidade de alcalinizar o sangue, facilitando a eliminação dos resíduos ácidos do metabolismo, sendo igualmente importante no tratamento de casos de artrite, reumatismo e gota.
Externamente é utilizada na queda do cabelo e caspa.
Brown Eyes
Montanha







4 comentários:

Breathtaking disse...

Hello Brown Eyes

Interesting as always! I usually avoid this plant, and think of it as nothing more than a nuisance.
Having said that I was vaguely aware that it had some special medicinal qualities because I once had a gardener who used to rub its leaves onto his skin after a wound or a scratch from a rose thorn.
Bjs.

Brown Eyes disse...

Breathtaking is the nature of surprises. We do not like this plant because it leaves us at the outset, but a bad impression, not everything in nature is what it seems. How many plants are beautiful and after all are poisonous? We must learn to know them, to know their qualities and defects. kisses

Fê-blue bird disse...

Amiga, só agora pude vir aqui, sorry :)
E dei logo com a Urtiga que apesar de ser "mázinha" para a pele tem tantos benefícios que desconhecia.
Gostei do novo visual e da imagem que escolheste para o cabeçalho e fundo do blogue :)

beijinhos

Brown Eyes disse...

Fê a natureza tem destas coisas. Beijinhos