Pretende-se,neste blog, não só evidenciar a beleza que nos rodeia como, ainda,chamar a atenção para pormenores que, normalmente, passam despercebidos

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Cândido Guarda-sol (Pinheiro-Manso)

O pinheiro-manso (Pinus pinea) é uma espécie de pinheiro originária do Velho Mundo, mais precisamente da região do Mediterrâneo. Desde a pré-história que esta árvore é aproveitada como fonte de alimento, devido aos pinhões (frutifica a partir dos 15 a 20 anos)  que produz, sendo uma espécie bastante disseminada.
Vive cerca de 250 anos e pode exceder os 78 metros de altura, embora normalmente seja de menor dimensão - entre 12 e 25 metros. Possui copa densa, ampla, arredondada, em forma de guarda-sol, com o tronco curto e largo, culminando numa copa bastante plana.
Folhas persistentes, acículares (em forma de agulhas),  contendo canais resiníferos marginais, agrupadas aos pares com 10 a 18 cm de comprimento e 1.5-2 mm de largura, ligeiramente torcidas, agudas, encurvadas em goteira, flexíveis, luzidias, de cor verde-acinzentadas. Persistem três a quatro anos.
Floração monóica (flores masculinas e femininas reunidas num mesmo pé): As flores masculinas  estão dispostas em inflorescências amarelas com forma de espiga na base dos raminhos do ano; As flores femininas, verdes, erguidas sobre curto pedúnculo, dispostas em inflorescências na extremidade do rebento anual. A floração ocorre de Março a Maio, enquanto que a maturação das pinhas dá-se três anos mais tarde.
O interesse económico dos extensos pinhais reside no aproveitamento do pinhão e da madeira. Protege os solos arenosos  fixando as dunas. É resistente à poluição urbana. 
Brown Eyes
Montanha

27 comentários:

Chica disse...

E como enfeitam as ruas,não? Bela explicação, como sempre! um beijo,tudo de bom,chica

Anamaria disse...

São maravilhosos! Além disso, enfeitam e protegem. A natureza é mesmo um assombro, estou encantada com a imagem e com as boas informaçoes. Um abraço e bom dia!

Brown Eyes disse...

Chica também. São arvores lindissimas. Beijinhos

Brown Eyes disse...

Ananmaria não há nada mais belo nem mais puro que a natureza. Beijinhos e obrigada

vidaslife disse...

Com certeza uma linda árvore, e quando dão as pinhas então. Belo post amigo, boa noite e beijinhos carinhosos.

Pedrasnuas disse...

E que guarda-sol...cheira-me a Natal!!!:) paisagem romântica...subitamente lembrei-me da viagem de Sophia de Mello...

Beijinho

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pinheiros-mansos conheço-os bem, mas foi bom ler toda a explicação
que está no post.
Bom fim de semana para vós.
Um beijo
Irene

Helga disse...

Aqui aprendemos sempre um bocadinho. Sabe tão bem. Adorei a imagem, super inspiradora!

Um beijinho :)

Brown Eyes disse...

vidaslife é realmente uma àrvore bonita e imponente. Beijinhos

Brown Eyes disse...

Pedras é realmente uma paisagem romantica. Cobertos de neve ficam muito mais lindos.
Beijinhos

Brown Eyes disse...

Irene uma boa semana para ti. Beijinhos

Brown Eyes disse...

Helga obrigada. Um beijinho cheio de saudades para ti.

Olga disse...

Que ar saudavel, que cheirinho maravilhoso se pode sentir quando se passeia por um pinhal. Os pinhões são deliciosos. Adorei esta publicação. Beijinhos.

Brown Eyes disse...

Olga os pinhões são deliciosos. Costumo fazer um arroz frito com frutos secos, entre eles pinhões, que é uma delicia. Beijinhos

Vieira Calado disse...

E são tão saborosos

os pinhões!


Saudações poéticas

Brown Eyes disse...

Vieira Calado obrigado pelo comentário. Eu gosto muito de frutos secos, fazem muito bem à saúde, devíamos comer diariamente, os pinhões são, para mim, os mais saborosos.

Mariazita disse...

Gosto muito de pinheiros (que cheirinho bom!), incluindo os mansos.
E fazer um pic-nic à sua sombra? Maravilha.
Gostei muito desta explicação, completa sem ser cansativa. Perfeita!

Boa semana. Beijinhos

Ah! Como gostei muito deste espaço (o outro fica para outra vez...) vou me fazer tua seguidora. Posso???

Brown Eyes disse...

Mariazita agradeço,até, que seja seguidora deste espaço. Obrigada. Beijinhos

Pedrasnuas disse...

Andas preguiçosa e perdeste a pedalada ou muito ocupada?... estou a fintar o tempo...mas não tem sido fácil...cá me vou aguentando...

Beijinhos

Rui disse...

Então Mary, tudo bem por aí ?
Bjs
R S

Brown Eyes disse...

Pedras ahahahah ando sem pedalada mas, quem ainda consegue ter pedalada com tanto desgaste psicológico? A minha sorte são os fins de semana, entre a natureza.
Beijinho e desculpa tanto tempo sem responder.

Brown Eyes disse...

Rui ando como andamos todos e claro que os blogs se ressentem. Espero que tudo estabilize apesar de achar que estabilidade é coisa que não teremos. Como ando a precisar muito da calma que nos oferece a natureza tenho utilizado os fins de semana para isso, para acalmar. A semana é dura, acredita.
Beijinhos para ti e para o pessoal lá de casa.

vip4you disse...

Interessante o teu blog. Parabéns!

Visitem:http://vip4you-vip4you.blogspot.com

Maria Luisa Adães disse...

Bom texto e melhor ensinamento.

Gosto muito dos pinheiros e toda a natureza.

Mas cuidado, a beleza é cruel
Dá e retira...

Mas amei o texto e o ensinamento que me deu.

Um abraço,

Mª. Luísa

Brown Eyes disse...

Maria Luisa a natureza pode ser cruel mas prefiro a sua crueldade do que a dos homens. Dela sei o que posso esperar. Beijinhos

Breathtaking disse...

Brown Eyes your artical on the
Pinus Pinea" was so informative.
My husband and I have one in our
garden.It was once our Christmas
Tree 35yrs ago.

Brown Eyes disse...

Breathtaking They make beautiful Christmas trees. I have two, with only three years